CPF/Apelido: senha:
Notícias

Faustino acusado de desviar R$ 1 mi - 03/06/2009
O prefeito cassado de Santo Antônio de Leverger (MT), Faustino Dias Neto (DEM), está sendo acusado de desviar R$ 1. 135. 554. 93 dos cofres públicos. A Organização Não Governamental Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (ONG-Moral) protocolou ontem no Ministério Público Federal (MPF) documentos que apontam supostas irregularidades no gerenciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) daquele município.

Também são acusados de participação no suposto esquema de corrupção ex-membros do primeiro escalão da gestão de Faustino que são: Odil Benedito Antunes do Nascimento ( ex-secretario municipal de Finanças) , Minadabes Miranda e Anadir Mantero (ambos ex-secretários municipal de Saúde) e o Instituto Creatio.

O suposto desfalque gerado aos cofres públicos consta numa auditoria encomendada pelo Departamento Nacional de Auditoria do SUS - DENASUS. A entidade é ligada ao Ministério da Saúde. O resultado da auditoria foi entregue ao Conselho Municipal de Saúde de Santo Antônio de Leverger em janeiro deste ano e levou em consideração dados das despesas de 2006 e 2007.

Na relação das irregularidades está emissão de cheque sem fundo, aplicação de recursos em desacordo com as normas do Ministério da Saúde, ausência de licitação para fornecimento de combustível, manutenção da frota e aluguel de veículos destinados à secretaria de Saúde do município, ausência de registro contábil no Fundo Municipal de Saúde, falta de prestação de contas, controle interno ineficaz e outras.

Tenho conhecimento da auditoria, mas quando foi entregue pedi mais tempo para preparar minha defesa porque estou fora do cargo, mas não houve nada disso e estamos dentro da legalidade. Pode ter certeza que vou contra argumentar essa denúncia, assegurou.

Fonte: A Gazeta - MT - Cuiabá/MT

UNASUS - União Nacional dos Auditores do SUS
www.unasus.org.br