CPF/Apelido: senha:
Notícias

Fórum propõe mais recursos e melhor gestão no SUS - 05/03/2010
Brasília - O presidente da AMPASA - Associação Nacional do Ministério Público de Defesa da Saúde, Jairo Bisol, parlamentares e representantes da sociedade civil, bem como servidores do Departamento Nacional de Auditoria do SUS (DENASUS),discutiram nesta quinta (04/03), no auditório da Interlegis, como melhorar a saúde pública no país. Os participantes do segundo Fórum de Políticas de Saúde reconhecem que é preciso aumentar os recursos para financiar o Sistema Único de Saúde (SUS), mas dizem que isso não basta, também é preciso melhorar a gestão do sistema público de Saúde.

O presidente da AMPASA e promotor de Justiça de Defesa da Saúde, Jairo Bisol, afirmou que “Não adianta duplicar, triplicar e quintuplicar o financiamento e continuar caminhando com a política pública de saúde em direção a transformação do SUS em um mega plano de saúde financiado pelo Estado. O SUS não pode ser isso. O SUS é muito mais do que isso. Se nós continuarmos gastando mal, terceirizando e colocando a gestão da saúde na mão da iniciativa privada também isso não vai resolver o problema”.

Os participantes do fórum defenderam a aprovação do projeto que regulamenta o percentual mínimo que os governos deveriam gastar com o setor de saúde. O projeto determina que os municípios apliquem 15% de tudo que arrecadam, estados, 12% e União, 10%. Se já tivesse sido aprovado, o orçamento federal este ano saltaria de R$ 61 para 80 bilhões.

O representante do Conselho Nacional de Saúde, Francisco Batista Jr., defende que, além de recursos, é preciso também corrigir distorções que existem no sistema.

Para alguns, mais importante que o financiamento é tirar a dependência do setor privado, que realiza vários procedimentos para o SUS a custo alto.

Fonte: AMPASA

UNASUS - União Nacional dos Auditores do SUS
www.unasus.org.br