CPF/Apelido: senha:
Notícias

Hospitais em Campos, RJ, vão passar por auditoria por má gestão, diz MPF - 07/04/2016
MPF constatou diversas irregularidades nas unidades de saúde. Inspeções foram realizadas em 2015.

Diversos hospitais que foram inspecionados em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, vão passar por uma auditoria do Departamento Nacional de Auditoria do SUS (Denasus). A informação é do Ministério Publico Federal (MPF) que afirmou nesta terça-feira (5) que a medida é uma consequência de ação civil pública movida pelo órgão em 2015, após constatar diversas irregularidades nas unidades do município e má gestão dos recursos da saúde, conforme o processo.

De acordo com o MPF, em onze inspeções coordenadas pelo procurador da República Eduardo Santos de Oliveira, feitas em abril, maio e junho de 2015, foram observadas graves irregularidades nas unidades hospitalares, como a má gestão e desvio de recursos da saúde oriundos da União.

No mesmo ano, o MPF moveu uma ação contra a prefeita Rosinha Garotinho e o então secretário de Saúde e vice-prefeito, Fransico Arthur de Souza Oliveira, conforme o órgão. No processo, é detalhada a situação da rede pública de saúde no município como caótica, com problemas tanto relativos aos instrumentos legais do SUS, quanto a precariedade da infraestrutura para a execução dos serviços de saúde.

O MPF informou ainda que entre as irregularidades mais graves encontradas estão a ausência de médicos, que deveriam estar de plantão, falta de medicamentos básicos como paracetamol e amoxicilina, e inúmeros pacientes sendo atendidos em macas nos corredores dos hospitais, além de obras que deveriam ter sido entregues, mas estavam paralisadas.

"As inspeções foram realizadas em diversos municípios abrangidos pela Procuradoria da República com sede em Campos dos Goytacazes para que houvesse a total abrangência da situação na área de saúde”, afirma o procurador Eduardo Santos de Oliveira, responsável pelas inspeções do MPF.

Segundo o MPF, as auditorias do Denasus devem ocorrer ainda neste primeiro semestre de 2016.

De acordo com o MPF, de todas as cidades do Norte e Noroeste que foram vistoriadas, apenas Campos irá passar por auditoria. As cidades que foram fiscalizadas são: São João da Barra São Francisco de Itabapoana, São Fidélis, Quissamã, Cambuci e Itaocara.

Em nota enviada ao G1, a secretaria de Saúde afirmou que realizou todos os trâmites administrativos para aquisição de novos materiais e equipamentos e feformou dezenas de unidades, além de outras que estão passando por obras de reforma e ampliação, conforme calendário previsto pela prefeitura. Segundo a Saúde, a prefeitura também realizou concurso público para preenchimento de vagas em diversas áreas.

A nota informou ainda que uma pesquisa do Conselho Federal de Medicina (CFM) aponta Campos como a cidade com o melhor resultado no ranking dos municípios que mais investem em saúde no estado do Rio de Janeiro.

Fonte: G1 - Norte Fluminense

UNASUS - União Nacional dos Auditores do SUS
www.unasus.org.br